Salsicha faz mal? Ela tem glúten e lactose?

Veja a análise da nutricionista sobre a salsicha, seu consumo e os desdobramentos para a nossa saúde. Ela tem glúten e lactose? Será que podemos consumi-la?

» Página Inicial

Por Elaine de Moura – Nutricionista / Insta: @emd_nutri

Quem ai ama um cachorro-quente?

Ou aquele macarrão com salsicha caprichado?

Delícia, né?

Mas quem ai também já ouviu falar que salsicha é um veneno?

Provavelmente muitas pessoas também.

Nem tudo que é gostoso, é saudável. Isso a gente já sabe muito bem, certo? E a salsicha é um desses casos.

O que que a salsicha tem? Tem sódio como ninguém!

Salsicha - cachorro quente

A salsicha, nada mais é, do que carne processada envolvida por uma camada de produto sintético ou de origem animal. Mas não é só isso. Assim como a maioria dos produtos embutidos e processados, a salsicha tem em sua composição um série de substâncias químicas que servem para aumentar a durabilidade do produto. Substâncias essas que modificam quimicamente os alimentos.

E quem adivinha qual é a principal substância utilizada pra conservação?

Exato! O sódio! O vilão da hipertensão arterial.

Para ter uma ideia rápida, em 100 gramas de salsicha encontramos cerca de 840 miligramas de sódio. Parece muita coisa? Pois fica ainda mais nítido que, de fato, é uma quantidade absurda, quando sabemos que a recomendação máxima diária de sódio é de 2.000 miligramas. Ou seja, em cem gramas de salsicha temos quase metade da quantidade de sódio recomendada por dia. E quem tem o hábito de ir ao supermercado sabe que cem gramas de salsicha é quase nada.

Precisamos do sódio pra uma série de funções no nosso organismo. No entanto, quando consumido em excesso, ele se torna um verdadeiro e perigoso vilão. Como citei anteriormente, o vilão da hipertensão arterial. O sódio favorece a retenção de líquidos que, por sua vez, favorece o aumento da pressão arterial. Além disso, está relacionado com outras doenças do coração, como AVC (acidente vascular cerebral) e insuficiência cardíaca (IC).

Um perigoso, né?

Mas contém glúten e lactose?

A salsicha, não raramente, é feita com carne processada e mais outros aditivos que são usados para dar textura e consistência. Muitos desses aditivos são derivados do trigo, que contém glúten, e muitas marcas de salsicha têm leite em sua composição (ou seja, lactose).

Se fossemos pensar racionalmente, a resposta imediata para essa pergunta seria: não, salsicha não contém glúten e nem lactose. Mas, infelizmente, vários produtos são adicionados no processamento da carne até que se forme o conhecemos como salsicha. E, por isso, é muito importante que celíacos e intolerantes a lactose ou a proteína do leite (caseína) fiquem atentos aos rótulos desse e de qualquer outro produto.

Também é verdade que a salsicha é barata e prática, além de “render”, o que faz com que muitas famílias optem (ou não tenham escolha) pela inclusão desse alimento nas refeições.



 

Veja também



© 2018   |   Alimentação Legal: Conteúdo produzido por nutricionistas   |   Política de Privacidade