O que é salada? Tipos, propriedade nutricionais e benefícios

Perguntas e respostas sobre o que é salada e quais os tipos? Quais as propriedade nutricionais dela e seus benefícios? O seu não consumo causa algum mal?

» Página Inicial

Salada é uma modalidade culinária que é, ou pode ser, composta por diversos alimentos diferentes, e que na maioria dos casos são alimentos frios. A característica mais marcante das saladas é evidenciada pelas cores presentes nos pratos devido à composição baseada na grande variedade alimentícia, tal como legumes e vegetais.

Os tipos mais comuns são: de frutas, de grão-de-bico, de verão, de macarrão, de jiló, salada caesar, tropical, berinjela, entre outras.

tipos de saladas

Quais as suas propriedade nutricionais e seus benefícios?

As saladas são de baixas calorias, são fontes de vitaminas, minerais e fibras – o que auxilia no funcionamento do sistema digestório. E devido alta concentração de água auxiliam na hidratação. Além do mais, trazem uma sensação de bem-estar após ingestão.

O não consumo causa algum mal?

O mais saudável seria consumir todo tipo de alimento para manter o equilíbrio necessário para o organismo poder funcionar bem, portanto, com a ausência da salada na dieta alguns nutrientes são deixados de lado, sendo assim, os níveis dos mesmos no organismo são menores, o que pode ser prejudicial à saúde. Recorrer à um nutricionista para averiguar a melhor maneira de manter o homeostase do corpo, ou seja, equilíbrio.

Comer somente salada e ser saudável é possível?

Os veganos, por exemplo, são mais propensos a sofrerem de doenças cardíacas devido a deficiência de vitamina B12 e ômega-3, e em consequência disso, os níveis de homocisteína no sangue e do HDL – colesterol “bom” – é menor do que em pessoas de hábito alimentar variado.

Entretanto, as carnes vermelhas possuem grande quantia de gordura saturada, o que pode causar em sérios problemas ao coração de quem consome de maneira desregulada ou para pessoas propensas à problemas cardíacos. Também é válido observar os níveis de colesterol e triglicérides.

A absorção de nutrientes se dá de maneira mais fácil para o organismo quando o alimento vem de origem animal, portanto, para os vegetarianos continuarem saudáveis é preciso manter o nível de proteína no corpo através de leite e seus derivados e ovos. Lembrando de que a proteína favorece a conservação e manutenção da pele, ossos, músculos e órgãos.

Cálcio, ferro, zinco e vitamina B12 também estão inclusas na dieta e podem ser obtidas através de leite, leguminosas (feijão, ervilha, etc), cereais integrais e suplementos, respectivamente, entre outros alimentos.

Qual o hábito alimentar dos brasileiros?

De acordo com os estudos do Ministério da Saúde, os brasileiros consomem mais carnes do que salada, e somente 25% da população mantêm uma alimentação equilibrada e com a presença de frutas e verduras na quantidade ideal.

Algumas dicas para tornar a salada parte da sua alimentação e facilitar o seu consumo diário:

  • Crie um hábito semanal se comprar frutas, legumes e verduras. Em muitos locais há supermercados com dias específicos na semana onde você encontra esses alimentos mais frescos e em preços melhores. Mas é preciso estabelecer um dia certo para comprar e assim você assume aquele compromisso.
  • Ao chegar com esses alimentos em casa, se possível, faça uma programação do que vai ser preparado cada dia.
  • Os legumes, como batata, chuchu, beterraba, cenoura e outros devem ser cozidos no vapor e em seguida guarde o que não consumir na hora para a próxima refeição.
  • Alface e outras folhas já devem ser lavadas e deixar prontas para o consumo, assim, você não perde tempo quando for preparar as refeições.
  • Use bastante temperos naturais, como cheiro verde, salsa, manjericão e outros. Isto deixa as saladas mais nutritivas e gostosas, contribuindo assim para tomar gosto por este tipo de alimento.


 

Veja também



© 2018   |   Alimentação Legal: Conteúdo produzido por nutricionistas   |   Política de Privacidade