Queijo caseiro é melhor do que o industrializado?

Queijo caseiro x industrializado: será que tem um melhor que o outro? Como é o processo de industrialização dele e a diferença no processo artesanal de produção

» Página Inicial


Pode até existir mas é difícil encontrar quem não goste de queijo, este alimento milenar com grande variedade de tipos e sabores além de gostoso é também muito nutritivo, tem vitaminas do complexo B em maior quantidade nas variedades com menos gorduras e as vitaminas A,D e E estão presentes em maior quantidade nos queijos com maior teor de lipídios (gorduras), tem cálcio, fósforo, é rico em selênio, zinco e iodo. É uma fonte de proteína de alto valor biológico (fácil absorção pelo organismo). Por ter uma boa quantidade de cálcio ajuda na manutenção e saúde dos ossos e as vitaminas do complexo B é importante para mulheres grávidas, mulheres que estão amamentando, idosos e crianças.

A quantidade de gordura varia de acordo com o tipo de queijo, é um alimento rico em gordura saturada, mas é bom lembrar que esse tipo de gordura em estudos recentes não é mais apontada como responsável pela causa de problemas cardíacos, ela pode ser consumida com moderação e além disso o queijo tem também gorduras monoinsaturadas que são benéficas ao coração.

Diferenças entre queijos industrializados, queijos artesanais e caseiros

Pão de queijo

O que diferencia o queijo industrializado do queijo artesanal é que na indústria se usa o leite pasteurizado (leite fervido a 75ºC e resfriado a 5ºC) para eliminar as bactérias, porém neste processo há também a eliminação de bactérias benéficas, podendo ainda ser adicionada a gordura vegetal e em alguns casos o amido mudando assim o sabor e textura do queijo, por esse motivo há uma diferença no sabor em comparação aos artesanais.

O queijo artesanal tem procedência do leite recém-ordenhado e cru, sem passar por pasteurização. Este leite passa pela coagulação onde são adicionadas uma mistura de enzimas (coalho), essas enzimas darão início a fermentação onde serão produzidas bactérias láticas que irão produzir metabólitos capazes de inibir a proliferação de bactérias maléficas e isso irá garantir a qualidade sanitária do queijo.

O queijo caseiro é feito com leite longa vida ou de pacote ou fresco, depois de fervido é adicionado vinagre para a coagulação e eliminação de bactérias maléficas, depois é separado o soro do leite, o sabor é suave e pode ser feito com leite desnatado, com ou sem sal.

Qual é mais saudável?

O queijo mais saudável é aquele que tem boa procedência se possível orgânico, produzido com higiene e o mais natural possível. Para o queijo industrializado o cuidado fica em ler no rótulo para ver se não há adição de produtos como conservantes, estabilizantes ou amido. Para os artesanais a procedência é de vital importância para prevenir riscos de intoxicação alimentar. O queijo caseiro traz a vantagem de podermos controlar a quantidade de sal, a procedência do leite e garantirmos a qualidade de ser um produto mais natural, mas também deve ser manuseado com todo cuidado na higiene.

Qual é mais gostoso?

Normalmente o caseiro é mais gostoso, não só pelo sabor em si, mas pelo fato de ter sido feito de maneira artesanal. Normalmente as coisas artesanais tendem a ter um significado diferente e na alimentação não é muito diferente. Eu prefiro os caseiros, especialmente aqueles feitos em muitos locais do interior de Minas Gerais. Simplesmente autênticos e deliciosos.


 

Veja também



© 2018   |   Alimentação Legal: Conteúdo produzido por nutricionistas e entusiastas   |   Política de Privacidade