Quais os melhores chocolates importados: Belga, italiano, suíço e outros

Você gosta de chocolates? Você se importa se eles são nacionais ou importados. Veja quais são os melhores chocolates estrangeiros, como Belga, italiano, suíço e outros

» Página Inicial


O chocolate é obtido através da uma mistura que segundo a legislação brasileira RDC nº 264, de 22 de setembro de 2005 diz:

“Chocolate é o produto obtido a partir da mistura de derivados de cacau (Theobrama cacau L.), massa (ou pasta/liquor) de cacau, cacau em pó e/ ou manteiga de cacau, com outros ingredientes, contendo, no mínimo, 25% (g/100 g) de sólidos totais de cacau. O produto pode apresentar recheio, cobertura, formato e consistência variados.”

As legislações pelo mundo de diferem quanto as porcentagens de cacau que devem conter nas receitas, mas basicamente os chocolates devem ter os mesmos ingredientes descritos acima.

Existem vários tipos de chocolates como: chocolate ao leite, chocolate amargo e meio amargo, chocolate branco, chocolate hidrogenado e fracionado, chocolate orgânico, chocolates em pó, granulado e liquido.

Os melhores chocolates do mundo são o belga, suíço e italiano e apesar do cacaueiro nunca ter sido produzido nestas regiões, pois é uma planta de cultivo tropical, os métodos desenvolvidos e qualidade dos chocolates dessas localidades são surpreendentes.

Chocolate importado

Chocolate Belga

Os chocolates belga tem por tradição serem mais cremosos e menos doces com o que estamos acostumados no Brasil. Mas temos industrias brasileiras que fazem o tradicional chocolate belga, seguindo os seus padrões de qualidade o que nos fornece um produto tão bom, quanto de fosse feito na Bélgica.

Porém os hábitos dos brasileiros quanto ao chocolate é que o mesmo seja mais açucarado, portanto aqui é adicionado mais açúcar em sua receita.

Chocolate Italiano

Na Itália a cidade de Purugia se destaca pelo seu famoso chocolate. Foi onde nasceu a ideia de se misturar o chocolate com avelãs, fazendo deliciosos bombons. Este bombom surgiu de uma história de amor, onde uma jovem fazia bombons para o seu amado com alguns bilhetinhos românticos. Tempos depois esta jovem faleceu, e seu amado em sua homenagem resolveu continuar a fazer estes bombons no dia dos namorados. O sucesso foi tão grande que esta iniciativa se tornou uma grande indústria na cidade de Purugia.

A Itália também é considerada um berço gastronômico onde são desenvolvidas ou aperfeiçoadas diversas receitas e também por esse motivo os chocolates importados de lá apresentam tamanha qualidade e são apreciados por todo o mundo.

Chocolate Suíço

O chocolate suíço passou a ser conhecido pelo mundo na segunda metade do século dezenove, após a criação do chocolate ao leite. Atualmente os suíços são a população que mais consomem chocolates ao ano, sendo que cada habitante consome 12 kg/ano.

Mas a resposta pela qualidade superior dos chocolates suíços se deve a qualidade do leite que é produzido na região. Sendo que por lá as terras para plantio não são tão boas então é priorizada a criação de animais para pastagem. Tanto é que a Suíça também é referencia quanto à qualidade de seus queijos. Sendo assim o que traz a diferença para seus produtos, com qualidade, sabor e aromas únicos se deve ao leite que é produzido por lá.

Benefícios dos chocolates


 

Veja também



© 2018   |   Alimentação Legal: Conteúdo produzido por nutricionistas e entusiastas   |   Política de Privacidade