Quais alimentos que aumentam a imunidade do corpo

Conheça a lista de alimentos que ajudam na imunidade do corpo contra doenças, como as carnes magras, pescados, frutos do mar e gema de ovos, grãos e sementes, cereais integrais, frutas e verduras, entre outros tipos.

» Página Inicial

Alimentos que aumentam a imunidade são aqueles ricos em nutrientes imunomoduladores. Estes nutrientes têm a função de melhorar o sistema de defesa do organismo.

Alguns nutrientes considerados como imunomoduladores são vitaminas (variadas), aminoácidos como arginina e glutamina e ácidos graxos como o ômega 3 e ômega 6, que podem ser encontrados nos alimentos:

legumes e vegetais

  • Carnes magras, pescados, frutos do mar e gema de ovos.
  • Grãos: feijão, lentilha, grão de bico, ervilha e milho.
  • Sementes: semente de linhaça, semente de abóbora, semente de girassol, gergelim.
  • Frutas oleaginosas: nozes, avelãs, castanhas e amêndoas.
  • Cereais integrais: arroz e aveia.
  • Frutas: laranja, banana, abacaxi, mamão, melão, manga, uva, framboesa, ameixa, melancia, goiaba, açaí, acerola, caqui.
  • Verduras e legumes: agrião, couve, chicória, berinjela, brócolis, couve-flor, espinafre, cenoura, tomate, abóbora, pimentão e batata doce.
  • Azeite de oliva e gordura de coco.
  • Temperos naturais: alho, cebola, alecrim, orégano, coentro, salsa, tomilho e gengibre.

Estes nutrientes são tão importantes, que muitos hospitais os adquirem em forma de suplementos industrializados para serem oferecidos, como parte da conduta nutricional, aos pacientes com dificuldade para se alimentar, a fim de favorecer sua recuperação, minimizando o tempo de internação.

Como comprar alimentos

cereais a granel supermercado

As pessoas que têm a condição de ir à feira, ou ao supermercado para adquirir produtos naturais e frescos, possuem nas mãos o poder de beneficiar toda a família, pois a alimentação natural, colorida e variada traz consigo boa parte destes nutrientes, e se o consumo destes alimentos for diário os benefícios serão muito maiores.

Vários fatores podem comprometer a imunidade, entre eles, stress, magreza, obesidade, alguns tratamentos médicos, cirurgias, insônia, consumo de álcool, drogas, falta de vitaminas e minerais.

Imunidade baixa

O corpo combate constantemente os agressores como vírus e bactérias e quando a imunidade está baixa, o organismo fica exposto a vários tipos de doenças e passa a emitir diversos sinais informando que algo não está bem, como feridas na boca, fraqueza, cansaço, gripes e resfriados freqüentes, infecções de ouvido e garganta, feridas na pele, entre outros sintomas.

Pessoas com a imunidade baixa não conseguem desenvolver suas atividades rotineiras por estarem freqüentemente doentes ou cansadas. Isto compromete vários aspectos em sua vida gerando outros tipos de transtornos.

Diversos fatores podem interferir na queda da imunidade, mas como estamos falando sobre alimentação, sugere-se excluir ou minimizar o quanto possível, o consumo de alimentos ricos em sal, gorduras, corantes, farinhas não integrais, açúcares e industrializados como refrigerantes, por exemplo, e priorizar uma boa hidratação e a ingestão de alimentos frescos, coloridos, ricos em nutrientes e fibras para a manutenção do equilíbrio do sistema imune.



 

Veja também



© 2018   |   Alimentação Legal: Conteúdo produzido por nutricionistas   |   Política de Privacidade