Frutas frescas ou secas? Qual é mais saudável

Quais os pontos positivos e negativos no consumo de frutas frescas ou secas? Qual dela pode ser considerada mais saudável? Veja as dicas e respostas

» Página Inicial


Várias opções no mercado, optar por fruta seca ou fruta fresca? Qual dura mais? Qual é mais saudável? Qual a diferença entre elas? Vamos entender um pouco sobre esses dois tipos.

O principal diferencial entre elas é a quantidade de água livre presente no alimento. Para tornar a fruta seca, ela passa por um processo de desidratação, que retira praticamente 90% da agua presente nele, tornando- a seca, isso também altera muito as concentrações de nutrientes presentes na fruta.

Ela fica altamente concentrada em frutose e menores concentrações de vitaminas e minerais que se perdem durante o processo de desidratação da fruta, com isso temos o lado positivo e o lado negativo das frutas secas.

Frutas secas

Ponto positivo

Alta quantidade de fibras alimentares, que auxiliam na regulação do transito intestinal e controlam a sensação de saciedade;

Tempo de vida útil para consumo muito mais alto comparado as frutas frescas, podendo ser conservadas por semanas.

Transporte mais fácil, para você que precisa levar aquele lanchinho para fazer durante o seu dia, e precisa que ocupe pouco espaço e seja leve para carregar.

Muito utilizadas em preparações durante as festas de final de ano.

São ricas em uma substância chamada de fitoquimicos, que tem um potencial antioxidante que auxiliam no fortalecimento do sistema imunológico, e trabalham também no controle do estresse oxidativo do organismo causado por doenças crônicas.

Pontos Negativos

Altas concentrações de frutose (açúcar da fruta) por isso cuidado com a quantidade a ser consumida, pois podem alteração glicemia e trazer maior valor calórico.

Contém dióxido de enxofre (sulfitos), substância que após sua desidratação acaba se concentrando e tem potencial alergênico.

Alto risco de contaminação por fungos, se consumidas em grandes quantidade podem causar sobrecarga hepática.

Perda de vitaminas e minerais durante o processo de desidratação, tornando pobre em vitaminas do complexo b e vitamina c.

Alguns exemplos de frutas secas e seus benefícios:

As frutas frescas possuem vitaminas e minerais que auxiliam na manutenção do sistema imunológico, tem fibra alimentar que auxilia no transito intestinal, é de recomendação do ministério da saúde sua presença no cardápio dos brasileiros 3 vezes ao dia, atenção para seu consumo em excesso pois podem trazer altos índices calóricos (carboidratos e gorduras).

Tanto nas frutas secas quanto nas frescas temos seus lados bons e ruins, o importante é adequadar o consumo e a quantidade em sua rotina.


 

Veja também



© 2018   |   Alimentação Legal: Conteúdo produzido por nutricionistas e entusiastas   |   Política de Privacidade