Quais os cuidados da alimentação infantil. Aleitamento, leite e mais

A alimentação de bebês é de extrema importância por conta da fragilidade dos mesmos e da necessidade da ingestão de nutrientes que é grande neste período da vida. Veja como a nutricionista recomenda as refeições e alimentação complementar.

» Página Inicial

Na fase de 0-2 anos de idade a alimentação da criança deve ser respeitada, iniciando com o aleitamento materno e introduzindo os alimentos aos poucos, o que se como hoje influencia na qualidade de vida que se terá amanhã.

A alimentação adequada é direito de todos, assim obtendo os nutrientes essenciais para um bom funcionamento do organismo fisiológico.

As refeições devem fornecer uma quantidade adequada de nutrientes para suprir as necessidades do organismo, protegem o organismo das crianças, não devem exceder a capacidade funcional do trato intestinal e dos rins das crianças.

Alimentação infantil

Devemos compreender que a pratica do aleitamento materno e a introdução de outros alimentos tem o seu tempo certo.

O aleitamento materno exclusivo, é quando a criança recebe apenas leite materno, extraído ou diretamente da mama, e nenhum outro liquido ou alimento, pois nessa fase o leite materno contém todos os nutrientes necessários para o organismo da criança, isso deve ser respeitado até que se complete seis meses.

O aleitamento materno predominante, é quando a criança recebe além do leite materno, água, bebidas à base de água, como sucos de frutas e chás, sendo de origem natural.

Alimentação complementar

A alimentação complementar é quando introduzimos na alimentação da criança qualquer alimento além do leite materno, é quando as crianças começa a conhecer o doce das frutas, o salgado dos legumes, os diversos sabores, essa pratica pode se iniciar quando a criança complementar seis meses de idade.

Na fase de 2-6 anos de idade é quando se inicia o período escolar, a uma diminuição do crescimento estrutural e do ganho ponderal, diminuindo as necessidades nutricionais e o apetite.

É importante respeitar o apetite da criança, isso dependera de alguns fatores como idade, atividade física e temperatura ambiente. Devemos ensinar a importância de se alimentar bem desde os primeiros anos de vida e não encorajar comportamentos, tipo recompensa ou castigo para fazer a criança se alimentar.

Refeições

A partir dessa idade se recomenda seis refeições diárias, café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e se necessário ceia. Deve-se estipular horários e local para se alimentar. Utilizar alimentos naturais ou minimamente processados, sendo nutritivos para o organismos das crianças.

É importante controlar o consumo de leite e seus derivados já que nessa fase deve-se consumir as quantidades de cálcio necessários ao organismo. Evitando o consumo excessivo de açúcar, gordura e produtos industrializados.

É importante que as crianças consuma bastante água e pratique alguma atividade física, o que ajuda no desenvolvimento do organismo e estrutura do corpo da criança.

A alimentação deve prover energia e nutrientes em quantidade e qualidade adequadas para o crescimento e desenvolvimento.



 

Veja também



© 2018   |   Alimentação Legal: Conteúdo produzido por nutricionistas   |   Política de Privacidade