Chocolate engorda? Qual é o mais saudável?

Você já ouviu falar em alfarroba? Conheça os diversos tipos de chocolate, como amargo, ao leite, branco e ao leite 0% açúcar. Qual é mais saudável ou engorda?

» Página Inicial


Por Elaine de Moura Durão - Nutricionista

É difícil encontrar alguém que não seja apaixonado por chocolate. Pode até não ser completamente apaixonado, mas dificilmente recusa um quadradinho ou dois daquelas barras enormes e deliciosas. Chocolate é uma paixão nacional, utilizado, por muitas em pessoas, em momentos difíceis e tensos.

Consumido com moderação, o chocolate pode ser um ótimo aliado da saúde. Assim como a maioria das gostosuras, o chocolate é calórico e deve ser usado com equilíbrio. Mas quem nunca perdeu o controle e comeu uma barra inteira que atire a primeira pedra, não é mesmo?

Serotonina e endorfina

Já ouviu falar em serotonina e endorfina? Pois é, esses dois hormônios são liberados no nosso organismo, causando uma sensação de bem-estar. E adivinha? Exatamente, os chocolates, quando consumidos, são ótimos em elevar os níveis de serotonina e endorfina no nosso corpo. Por isso que, como dito anteriormente, muitas pessoas utilizam o chocolate em momentos de dificuldade, tensão, TPM, etc.

A maioria dos chocolates é composto por carboidratos, gordura, cálcio, potássio, magnésio, e substâncias como a cafeína, que estimula o raciocínio e atenção. Toda essa composição faz com que o chocolate seja um alimento calórico. Uns tipos mais do que outros.

Ingredientes do chocolate

Chocolate

O principal ingrediente da maioria dos chocolates é o cacau. Uns tipos tem mais, outros tipos tem menos. Mas tem tipos que nem cacau tem, vê se pode? Mas o fato é que existe um antioxidante chamado flavonoide, que está presente na semente do cacau. Ou seja, quanto mais cacau um determinado tipo de chocolate tem, mais flavonoide a gente encontra. Esse antioxidante é um grande aliado na hora de reduzir a formação de placas de gordura, além de diminuir o colesterol ruim (LDL). Tudo isso, todos esses benefícios dos flavonoides, ajudam no correto funcionamento do coração e reduz o risco de doenças cardiovasculares.

Legal, né?

Mas, nutri, como que eu sei qual chocolate tem mais ou menos cacau ou qual não tem?

Isso eu te digo!

Os tipos de chocolate

Curiosidade

Já ouviu falar em alfarroba?

Não?

Vai ouvir agora, então...

Alfarroba - O chocolate a base de alfarroba é uma alternativa para os intolerantes à lactose e/ou pacientes celíacos. A alfarroba é uma vagem que, ao ser torrada e moída, pode ser utilizada como substituta do cacau. Tem um teor baixíssimo de gordura, sendo pouco calórica, além de ser rica em fibras e não conter cafeína. Mas fica atento... Seu sabor é similar ao do chocolate amargo, então é provável que muitos produtos que tenham alfarroba como base levem açúcar em sua composição, tornando-os mais calóricos. Se não houver açúcar de adição, pode ser consumido por diabéticos.

Então podemos concluir que: quanto mais cacau tiver presente na composição do chocolate, mais saudável o chocolate será. E, provavelmente, menos calórico também.

Sempre com moderação, ok?


 

Veja também



© 2018   |   Alimentação Legal: Conteúdo produzido por nutricionistas e entusiastas   |   Política de Privacidade