Arroz no micro-ondas é bom? Arroz é carboidrato?

Quais as dicas para fazer arroz no forno microondas? Veja o que a nutricionista recomenda para esta prática de cozimento e como fazer de maneira mais saudável. Veja também os vários tipos deste importante alimento.

» Página Inicial


O arroz é um dos alimentos mais consumidos no Brasil. Ele é repleto de nutrientes que são considerados essenciais para o organismo e, quando combinado com o feijão, forma uma refeição quase completa em relação aos nutrientes que devemos ingerir por dia.

O consumo desses dois alimentos deve ser considerado no dia-a-dia, visto que traz benefícios ao organismo, como construção dos tecidos do organismo, fortalecimento da imunidade e manutenção das células.

Arroz de microondas

Arroz é carboidrato?

Sim, o arroz está no grupo dos carboidratos, porém, o que deve-se ter em mente é que todo alimento possui diversos nutrientes. Dizer que o arroz é carboidrato, significa que, proporcionalmente, ele possui mais carboidratos do que os demais nutrientes encontrados nele, ou seja, é uma fonte de carboidratos.

Isso significa que é um alimento que fornece energia de forma rápida, mas também possui proteínas, vitaminas e minerais que são essenciais ao organismo.

Arroz Branco

O arroz branco é o mais consumido. Ele passa por um processo que remove a casca, o germe e diversos nutrientes também são perdidos. Esse processo também amacia, suaviza o sabor e muda a aparência do grão, que fica com a coloração esbranquiçada, porém, isso afeta de maneira considerável suas características nutricionais.

Arroz Integral

O arroz integral é o grão descascado não polido. Com isso, há a preservação de seus nutrientes e sua textura fibrosa requer mais tempo de cozimento.

Esse arroz é possui fósforo, ferro, cálcio, vitaminas do complexo B, fibras e sua digestão acontece de forma lenta, aumentando o tempo de saciedade.

Com isso, quando comparado ao arroz branco, essa é a opção mais saudável.

Arroz no micro-ondas é bom?

Muitas pessoas preparam o arroz e armazenam, para apenas esquentar no microondas na hora de consumir. O ideal é que seja monitorada a temperatura para evitar contaminações, ou seja, o arroz que não foi consumido na hora, deve permanecer em geladeira o mais rápido possível.

Quando os alimentos ficam expostos sem monitoramento de temperatura, propicia a proliferação de bactérias, podendo causar diversos problemas de saúde.

O arroz é um dos alimentos mais propensos a contaminação e, por isso, deve ter atenção especial. Evite deixar exposto e armazene sempre em geladeira.

Quando for consumir, ele pode ser aquecido no microondas de maneira delicada, ou seja, não se deve aquecer demais para evitar perdas dos nutrientes.

Sempre que for possível, prefira cozinhar no fogão e fazer o arroz na hora de ser consumido.

O uso do microondas deve ser moderado e apenas em casos em que não é possível cozinhar no fogão, pois seu uso freqüente reduz e altera os nutrientes, diminuindo, assim, a quantidade ingerida em cada refeição, além de poder causar diversos problemas de saúde.

Por Dra. Daniela Viggiano – Nutricionista


 

Veja também



© 2018   |   Alimentação Legal: Conteúdo produzido por nutricionistas   |   Política de Privacidade