Abobora refogada, recheada ou ao forno. Qual é mais saudável?

Veja este artigo escrito por um nutricionista que mostra como consumir a abóbora recheada, refogada ou assada. Qual delas é mais saudável e outras dicas

» Página Inicial


A abóbora é um alimento que traz muitos benefícios para a saúde pois é rico em betacaroteno que é um antioxidante natural desta hortaliça e de outras como a cenoura, os antioxidantes são substâncias que inibem a ação oxidante dos radicais livres que danificam nossas células e provocam envelhecimento e doenças. O betacaroteno é também o precursor da vitamina A que é responsável pelo bom funcionamento da visão, saúde da pele, dos cabelos e unhas, esta vitamina está relacionada com o nosso sistema imune e com o desenvolvimento do embrião, por isso mulheres grávidas se beneficiam consumindo abóbora e outros alimentos ricos em betacaroteno.

Além dessas propriedades, a abóbora é rica em fibras e tem poucas calorias sendo ideal para quem precisa perder peso, tem alto teor de magnésio e zinco que são importantes para os ossos, também é rica em potássio e por esse motivo tem sido muito recomendada para atletas para ajudar na recuperação dos músculos no pós treino e para reequilibrar os eletrólitos perdidos nos exercícios.

Abóbora madura

As sementes da abóbora também devem ser consumidas pois são ricas em fitoesteróis que são responsáveis pela redução do colesterol e também são ricas em triptofano que é um aminoácido responsável por aumentar a serotonina que está associada ao nosso bom humor.

Por tantos benefícios a abóbora deve fazer parte da nossa rotina alimentar e se resta dúvidas sobre qual a melhor maneira de consumi-la vale ressaltar que algumas preparações serão mais calóricas, mas os benefícios nutricionais continuam os mesmos, confira :

Abóbora refogada

Este tipo de preparação é uma boa opção desde que seja usado pouco óleo para refogá-la, além de ficar saborosa, é bem fácil de fazer e pouco calórica.

Combina muito bem com arroz branco e feijão, assim como outros ingredientes típicos da mesa dos brasileiros. É uma estratégia de um prato rápido e que pode ser preparado para toda a família.

Abóbora assada

Como no caso da refogada, esta preparação é super saudável e podem ser adicionadas ainda ervas como alecrim ou orégano além de alho e azeite de oliva(moderadamente) que vai deixar o prato mais saboroso e mais rico nutricionalmente.

Abóbora recheada

Geralmente leva carne moída, carne seca, camarão ou frango como recheio, é um prato completo porque tem o carboidrato da abóbora e a proteína das carnes, mas geralmente nestes recheios podem ter queijos como catupiry ou chedar que são gordurosos e também creme de leite, para deixar menos calórico e mais saudável pode-se trocar os queijos por muçarela que tem menos gordura e usar creme de leite light.

Abóbora madura cozida

É uma preparação bem simples que é feito com ela bem madura e neste caso descasca e corta em pedaços. Cozinha e tempera com cheiro verde, orégano, salsa e outros temperos a gosto. É um prato bem simples e era comum o seu consumo por agricultores rurais que tinham abundancia do fruto em suas propriedades rurais.

Doce de abóbora

Se tiver que escolher entre um pudim e um doce de abóbora, sem dúvida este doce é mais recomendável porque abóbora é muito rica nutricionalmente e mais saudável porque no pudim tem leite condensado, se for fazer o doce em casa opte por usar menos açúcar e escolher o açúcar cristal, orgânico ou demerara pois o açúcar refinado tem muitos aditivos devido seu processo de refinamento.

É muito comum encontrar este tipo de doce no interior do Brasil, especialmente em Minas Gerais, onde também é comum encontrar o famoso doce de leite, cidra, mamão e outros que combinam muito bem como o famoso queijo minas.


 

Veja também



© 2018   |   Alimentação Legal: Conteúdo produzido por nutricionistas e entusiastas   |   Política de Privacidade